Esclerose Múltipla não é sinónimo de incapacidade!

por

É frequente perguntarem-me como contei no meu trabalho que tinha Esclerose Múltipla. Como sou bióloga e trabalho na área da saúde tive a sorte de encontrar no meu ambiente profissional pessoas que estão mais sensíveis ao tema. Posso mesmo dizer que ao contrário da maioria das pessoas com a patologia tive muito apoio.

Essa solidariedade foi sentida desde o primeiro minuto a seguir ao diagnóstico por parte dos meus familiares e amigos, facto que me deu mais força para contar a minha nova condição no trabalho, que acabou por ser algo natural e bem aceite. Aliás, estou numa posição muito confortável e privilegiada, pois não sinto que a doença tenha afetado a minha atividade.

Gostava que todos os casos fossem semelhantes, mas a verdade é que existem ainda muitas barreiras, e sobretudo preconceitos, das entidades patronais perante o diagnóstico de Esclerose Múltipla.

Todos temos um papel a desempenhar no desfazer desse mito, porque na maioria das situações os trabalhadores conseguem continuar a desempenhar as suas funções.

Passem a palavra, vamos dizer bem alto que Esclerose Múltipla não é sinónimo de incapacidade!

0

Ainda sem comentários.

O que pensa?

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.